O meu 2023

2023 foi um ano de altos e baixos. Muitos altos nuns setores e muitos baixos em outros.

Os números foram incríveis, cumpri sonhos de infância, viajei e estive com os que me são próximos. Passei para regime híbrido, e a minha qualidade (quantidade?) de sono melhorou imenso. Publiquei dois livros, para os quais tenho recebido feedback incrível. Tive o meu contrato de arrendamento renovado, o que me dá paz de espírito e controlo financeiro para o futuro.

No desporto as coisas não correram assim tão bem. Tive uma lesão muito chatinha no joelho que me obrigou a estar parada 4 meses. Quando finalmente fiquei bem, tive um acidente em casa que me forçou a 2 meses adicionais em espera. O desporto é uma parte importantíssima da minha vida, por isso este “pequeno” pormenor abalou bastante o meu bom humor durante grande parte do ano. Mas poso dizer que terminei recuperada e pronta para os próximos desafios.

Depois deste pequeno apanhado, vamos aos números, que é para eles que este blog existe🤑💰

Rendimentos – 57 093€

Em 2022, os meus rendimentos totalizaram 41 297 €. Este ano consegui um aumento de 15 796€ (+38%)!

Emprego a full-time

Em 2023 recebi, no trabalho por conta de outrem, 28 094€ – uma média de 2 341€. O salário médio mensal, incluindo subsídio de refeição e despesas de transporte, ronda os 2 000€, mas com os subsídios de natal e férias, a média anual acaba por ser, naturalmente, superior.

Este valor foi 3 509 € superior ao de 2022 (aumento de 14%).

Renda extra

Neste setor incluo:

  • Venda de artigos usados (livros e roupa)
  • Links afiliados
  • Patrocínios podcast
  • Venda de livros

Em 2023 recebi 27 802€ em renda extra! Que valor absolutamente incrível 😍

Os 3 livros publicados representam cerca de 50% deste valor. ❤️‍🔥

Renda passiva

A renda passiva é aquela que não exige qualquer dedicação da nossa parte. Neste campo, tenho juros das plataformas P2P nas quais invisto e juros dos ETF de obrigações distributivos.

Em 2023 recebi um total de 1197 € em juros. Uma média de 100€ por mês.

Este valor foi 391 € superior ao de 2022: um aumento de 49%!

Despesas pessoais – 15 152 €

As minhas despesas de 2023 foram superiores ao esperado. Fora do que estava previsto tive: vários problemas de saúde e uma avaria no motor do carro. Foram mais de 2.600€ nestas rubricas, para as quais não tinha qualquer orçamento previsto.

Consegui alocar 63% dos meus rendimentos ao FIRE! Gastei 23% dos rendimentos em necessidades básicas e 14% em desejos.

Todas as despesas foram detalhadas mensalmente, nos artigos da análise mensal.

Percurso para o FIRE

Fazendo a simulação à data de hoje, para os valores atuais, vejo que o valor FIRE antecipou para maio de 2028. No ano passado, nesta mesma data, a data prevista era abril de 2029. Conquistei mais um ano de liberdade 🔥

O mais provável é que este prazo continue a reduzir. Porque apesar de tudo o que de negativo está a acontecer (inflação, despesas inesperadas, etc), as mudanças positivas têm sempre conseguido anular e até superar ✨

Leitura

Li 77 livros em 2022!

Continuo a aproveitar ao máximo os tempos mortos para ouvir os meus audiolivros na Audible. Em 2023, ouvi 30 livros nas viagens de carro, tarefas domésticas e caminhadas de fim de dia.

Com o meu Kobo li 43 livros. Pago mensalmente a subscrição Kobo Plus (5,99€) e tenho acesso a uma biblioteca enorme de livros grátis. Como leio mais de 3 e-books por mês, compensa bastante pagar a mensalidade.

Li também alguns livros em papel, que já tinha comprado ou que me foram oferecidos ou emprestados. Confesso que, desde que comecei a ler e-books, tenho cada vez mais dificuldade em ler livros em papel. A praticidade e versatilidade de cada um é completamente diferente.

Em 2024 planeio continuar a fazer o registo direitinho das minhas leituras no GoodReads. Se me quiseres acompanhar, o perfil é FIRE.PT

Saúde e Bem-estar

Graças à minha Fitbit, tenho registo de toda a minha atividade física e estatísticas de sono.

O tempo médio de sono foi significativamente melhor, com algumas alterações que fiz na nova época desportiva e a mudança para regime híbrido, que me poupa uma hora de viagem nas manhãs em que fico em casa.

A atividade física foi superior ao que aqui se apresenta, porque muitas coisas são feitas sem o relógio.

  • 7751 passos
  • 5,14 km
  • 1999 kcal consumidas

Cada vez mais procuro orientar os outros setores da minha vida de modo a dar mais importância ao sono e ao desporto. Será sem dúvida o principal foco de 2024!

E por aí, como correu 2023?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *