Março 2024

O primeiro trimestre de 2024 chegou ao fim. O Covid começou há 4 anos. Sou só eu que fico baralhada quando ouço as coisas assim? É que parece que foi tudo ontem. Só que não 😅

Em março fiz muitos trilhos, li ao sol, nadei na piscina, e li coberta com uma manta nos dias de chuva e trovoada. Comecei a fazer um prato vegetariano novo por semana.

Em março de 2023 (há um ano!!), decidi separar os rendimentos individuais e profissionais, relacionados com o projeto Dama de Ouros. Claro que todos os rendimentos e despesas acabam por ser meus, mas acho mais fácil separá-los até por uma questão de gestão e optimização de tudo.

Nos meus rendimentos pessoais continuarei a incluir o que considerava anteriormente. Apenas os valores relacionados com o livro serão analisados de forma isolada.

Vamos então analisar os números de março de 2024.

RENDIMENTOS INDIVIDUAIS: 3.155

  • Salário: 2.166€
  • Renda extra: 867€
  • Juros P2P: 122€

A renda extra pode incluir: venda de coisas usadas, links afiliados (recebo uma pequena comissão em tudo o que está assinalado com asterisco aqui no blog), publicidade (artigos marcados com #pub) e outras atividades de renda extra. Neste mês incluiu também a formação sobre P2P que dei no Finanças no Feminino.

DESPESAS INDIVIDUAIS: 1.244€

Os setores principais do meu orçamento são normalmente habitação, transporte e alimentação. Este mês totalizaram 754€, divididos da seguinte forma:

Habitação: 324€

  • Renda: 163€
  • Limpeza e outros: 63€
  • Água: 17€
  • Eletricidade: 38€
  • TV + Net: 33€

Transporte: 259€

  • Portagens: 34€
  • Combustível: 109€
  • IUC: 111€
  • Bilhete comboio: 5€

Alimentação: 171€

  • Supermercado: 138€
  • Almoços/Jantares: 33€

Os restantes 490€ dividem-se em:

  • Livros: 77€
  • Viagens: 96€ (um fim de semana em Arouca e um guia para a viagem de maio)
  • Estética: 85€
  • Desporto: 24€
  • Sandálias: 48€
  • Telemóvel: 25€
  • Lazer pago: 84€
  • Presentes: 50€

TAXA DE POUPANÇA: 61%

Apesar de ter pago já algumas despesas anuais, como é o caso do IUC, a taxa de poupança continua acima de 50%. Awesome 🔥

INVESTIMENTOS: 500€

Sim, eu sei que (Rendimentos – Despesas) não batem certo. Nunca batem porque o valor em €€ vai variando de mês para mês e vou fazendo a minha gestão como me parece mais conveniente.

Os investimentos do mês dividem-se em:

Todos os juros obtidos nas plataformas de P2P foram automaticamente reinvestidos nas respetivas plataformas.

Tive uns problemas na conta a partir da qual transferia €€ para a Degiro. Demorei algum tempo a resolver e, agora, estando eles finalmente resolvidos e depois de ter pago 1,80€ para uma transferência imediata, descobri que o imediato afinal pode demorar uns… 5 dias? É que transferi na quinta-feira de manhã e continuo à espera que o dinheiro caia.

Conclusão: é possível que os investimentos da bolsa do próximo mês sejam de 4.000€, porque vai acumular o do mês passado (que estou a tentar por lá há mais de 3 semanas e o deste mês – entretanto já recebi salário novamente).

Agora os números da mais recente autora, Dama de Ouros

RENDIMENTOS: 2650€

Em março somei 25€, resultantes da venda do livro “FIRE com Obrigações” e recebi finalmente os royalties do primeiro livro! 2047,87€ 🔥😍

Está com 10% na Wook!

DESPESAS: 260€

As despesas deste mês são: renovação anual da newsletter, alterações de design da segunda edição e envios.

BALANÇO até ao momento: 6.104€

O balanço mensal foi de 2390€.

As despesas acumuladas desde o início de todo o processo totalizam 17.839€.

Os rendimentos acumulados são de 23.943€.

Depois de vários meses no prejuízo, este mês recebi de volta o grande investimento neste segundo livro e estou novamente com saldo positivo🙏

Este valor é bruto. Não considero impostos porque apenas os terei de pagar em agosto de 2024/2025, e até lá hei-de recuperar o necessário para fazer face às obrigações fiscais.

Voltando à programação habitual

NETWORTH: 128.597€

Fechei o mês de março com uma subida de 7,4% no meu networth face ao mês anterior! A loucura dos mercados e a alta taxa de poupança ajudaram bastante 😍🔥

LEITURA: 3 LIVROS

  1. Vemo-nos em agosto (e-book grátis kobo plus)
  2. Cem anos de solidão (audiolivro)
  3. A arte da guerra (grátis kobo plus)

12 horas aproveitadas com audiolivros (link para usufruíres de um mês grátis)

Podes acompanhar as minhas partilhas no GoodReads, utilizador FIRE.PT

aqui mais detalhes.

EVOLUÇÃO

Adoro o facto de já escrever neste blog há dois anos e ter registos detalhados da evolução. As diferenças são abismais! 😍

SUGESTÕES?

Se gostarias de ver mais alguma informação, deixa nos comentários e eu incluo nas próximas.

2 thoughts on “Março 2024

  1. Alô!

    Já ouvi cerca de 80% dos episódios do podcast e quero dar-te os parabéns pelo trabalho que tens feito e partilhado. Gosto de ouvir a perspetiva de alguém que está nos primeiros anos do FIRE, é sempre útil.

    Tenho uma pergunta em relação ao teu plano de te reformares com 1000€ por mês.

    Independentemente da minha opinião sobre ser suficiente ou não, vejo que te focas nos 4% de SWR apesar de a duração da tua “reforma” ser, em princípio e se tudo corer bem, muito superior a 30 anos. A regra dos 4% estima os tais 95% ou 96% de sucesso para uma duração de 30 anos, mas, tanto quanto sei, nada é dito para uma duração superior. Percebo que o teu plano não passa mesmo por vender 4% do portfolio, porque uma parte vai estar em bonds/P2P que te vão dar rendimento sem teres de vender. Ainda assim, o teu plano é assente nos 4%.

    Estás a ter em consideração a duração da “reforma”? Não seria mais lógico adotar uma SWR mais conservadora dada a longa duração da “reforma”? Ou estás a estimar, até à reforma, já ter bem estabelecidas outras fontes de rendimento além de trabalho, obrigações e P2P?

    Obrigado,

    Gabriel

    1. Olá Gabriel!
      Muito obrigada pelo feedback 🙂

      A regra dos 4% é apenas a base das minhas contas. Tenho umas quantas camadas de proteção extra que me deixam 100% confortável com o meu plano. Estão descritas nestes artigos 👇
      FIRE pessimista: “e se houver uma crise quando te despedires?”
      O meu plano PÓS-FIRE

      Apesar de tudo, não posso ter 100% de certeza que vai correr bem (seria impossível garantir). No entanto, sei que tenho flexibilidade suficiente para adaptar o que for necessário caso corra mal: reduzir despesas em situações de necessidade ou fazer algo para gerar rendimentos caso seja preciso.

      Espero ter respondido à questão!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *